Pages

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

ESPANHA DESFRUTA A MAGIA DO CINEMA BRASILEIRO

 Durante três semanas, Madri e Salamanca exibirão sete longas que retratam diferentes aspectos da cultura e da história do Brasil A magia do cinema pode ser um convite a viver experiências diferentes em destinos desconhecidos. Para estimular os espanhóis a virem ao Brasil, a Embratur apoia a sétima edição do Festival de Cinema Brasileiro na Espanha – Novocine -, que começa na próxima quinta-feira, 07.  Durante três semanas, cinemas de Madri e de Salamanca exibirão sete obras que retratam o Brasil sob diferentes aspectos. “Os filmes que narram momentos históricos do Brasil e dos brasileiros e mostram nossas culturas e tradições são excelentes ferramentas de divulgação do País como destino turístico, por isso a Embratur apoia eventos como o Novocine”, afirmou  o presidente da Embratur, Flávio Dino. A abertura do Festival será na sala Palafox, em Madri, com a exibição do longa “Xingu”, de Cao Hamburguer. O filme narra a luta travada pelos irmãos Villas Bôas para criar a primeira reserva indígena no País. O Parque Nacional do Xingu, com área territorial maior do que alguns países europeus,  foi criado em 1961 pelo Governo Federal. O filme escolhido para representar o Brasil na próxima edição do Oscar, “O Som ao redor”, que retrata as contradições sociais no País, faz parte do festival brasileiro na Espanha. Dirigido pelo pernambucano Kléber Mendonça Filho, o filme entrou para a lista dos dez melhores do ano de 2012, feita pelo New York Times. A música brasileira também estará presente na mostra com o filme “Gonzaga – de pai pra filho” - , do diretor Breno da Silveira. A vida do sanfoneiro pernambucano, seu talento artístico e os conflitos com o filho, o músico Gonzaguinha, estimulam o público a se aprofundar na complexidade da cultura e da vida nordestinas. “A Coleção Invisível” – último filme estrelado pelo ator Walmor Chagas, com direção do baiano Bernard Attal, mostra uma viagem feita pelo protagonista em busca de si mesmo. A obra passeia por diversos cenários da Bahia, retratando conflitos entre o mundo rural e urbano. Os demais filmes exibidos na Espanha são: “A Busca”, de Luciano Moura; “Colegas”, de Marcelo Galvão; e “Repare Bem” (“Olhos de Bacuri”, na versão espanhola), da atriz e cineasta portuguesa, Maria de Medeiros. O filme conta a história de uma família perseguida e destroçada pela ditadura militar que assolou o Brasil por mais de 20 anos. Mercado espanhol A Espanha ocupa o nono lugar no ranking de países que mais enviaram turistas ao Brasil em 2012. O trabalho da Embratur no mercado espanhol consiste em apoiar a comercialização dos destinos e produtos turísticos brasileiros, além de capacitar agentes e operadores. Atualmente, existem 35 voos semanais entre o Brasil e a Espanha, o que totaliza mais de 10 mil assentos. 

Fonte:Embratur

0 comentários:

Postar um comentário