Pages

segunda-feira, 14 de outubro de 2013


CONEXÃO AÉREA DO BRASIL COM EXTERIOR CRESCE 5%

Número de setembro mostra oportunidades para o turismo internacional brasileiro e se soma aos bons resultados obtidos no primeiro semestre, avalia presidente da Embratur

A ligação aérea do Brasil com o exterior cresceu 5,42% no mês de setembro, ampliando as oportunidades de entrada de turistas estrangeiros em nosso país. O levantamento, feito pela área técnica da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), foi anunciado pelo presidente Flávio Dino, que comemorou o fato. “O Brasil é um destino de longa distância para a maior parte dos principais emissores de turista no mundo”, afirma. “Por isso, a aviação é um insumo essencial para a atração de turistas”.

O número de voos para a América Latina subiu 6,1% - passando a contar com 609 frequências semanais. O destaque foi o Uruguai, com um aumento de 85,71% no número de voos, graças à criação de novas linhas de empresas brasileiras e da nova companhia uruguaia BuqueBus Air. O resultado ajuda a suprir o fim das linhas da Pluna, que haviam colocado o Uruguai como o terceiro maior emissor de turistas para o Brasil em 2011. México e Bolívia também seguem com ótimos resultados em setembro: 6,12% e 100%, respectivamente.

Mas foi o continente asiático que se destacou com o maior incremento na malha aérea com nosso país: aumento de 40% nos voos (passando de 25 para 35 frequencias semanais. Os números são resultado da entrada de novos voos dos Emirados Árabes e Turquia.

África e Europa

A malha aérea com o continente africano segue em uma curva ascendente contínua. Em setembro, houve alta de 22,22% no número de voos, com destaque para a África do Sul e o início de um voo da Ethiopian Air ligando o Rio de Janeiro a Lomé, capital do Togo.

Na Europa, o destaque positivo ficou com a Holanda, que teve aumento de 20% em sua conectividade aérea com o Brasil, por meio das cidades de Rio de Janeiro e São Paulo. Amsterdã, a capital holandesa, receberá, em novembro, a última edição deste ano doGoal to Brasil, uma rodada de negócios organizada pela Embratur que já contou com 16 edições em 14 mercados diferentes. Desta vez, a aposta é na vinda de turistas holandeses. “É um mercado crescente para nosso país, como mostra o aumento da malha aérea, e cuja seleção teve boa participação nas últimas edições da Copa, portanto, é uma grande aposta nossa para 2014”, revela Dino. Outros mercados prioritários para o Brasil também apresentaram alta relevante. Foram os casos da Inglaterra, que aumentou a malha aérea em 4,35%  e dos Estados Unidos, que cresceu 10,43%

0 comentários:

Postar um comentário